Home  |  Inscrição Sócios  |  Apadrinhamentos  |  Inscrição Newsletter  |  Loja

Sexta-feira, dia 19 de Maio
PINTA| Aldeia de São Joanico - concelho de Vimioso


18h00: Abertura

18h00-19h45:

“Semente: A História nunca contada”/2016
Realização: Taggart Siegel, Jon Betz 
(EUA) 94`

No século passado, cerca de 94% de variedades de sementes da Terra desapareceram, mas um grupo de agricultores, cientistas e indígenas, defensores das sementes estão a travar uma batalha de David e Golias, contra a grande indústria da biotecnologia procurando proteger a diversidade do nosso património agrícola.

Uma parceria conjunta entre o Cine`Eco | Seia - Festival Internacional de Cinema Ambiental da Serra da Estrela e o Festival "Sons& Ruralidades". Mais informações sobre o filme e autores em: http://www.cineeco.pt/?q=Filmes/2016/semente-hist%C3%B3ria-nunca-contada e em http://www.seedthemovie.com/

20h00: Jantar

21:30-23h40:

“En todas as mans”/2015

Realização: Diana Toucedo
100`


O que leva as pessoas a assumir responsabilidades por bens comuns e a gerir de forma comunitária florestas e pastagens? Quem são estas gentes que nas montanhas de Portugal e da Galiza trabalham todos os dias para cuidar de territórios tendo em vista as necessidades locais e as gerações vindouras? Que possibilidades e ameaças enfrentam no séc. XXI? Pela primeira vez um documentário traz-nos as vozes e o quotidiano de sete lugares, com contributos de académicos, que nos contam em conjunto uma história cujo final ainda está em aberto. 

Mais informações sobre o filme e autores em: http://www.entodasasmans.com/

Com a presença de Alberte Román, produtor executivo (Cooperativa Trespés)

Nota: Sempre que possível, os filmes serão seguidos de debates, nos limites de tempo disponíveis.

*****

Sábado, dia 20 de Maio
PINTA |Aldeia de São Joanico - concelho de Vimioso

Colóquio/debate dedicado às questões da ruralidade, da saúde, da agricultura e da educação

10h00- 10h45: Baldios: escolas de eco-cidadania? Projecto Comunix. Investigadora Rita Serra. Centro de Estudos Sociais, Universidade de Coimbra.

10h45 – 11h00: Pausa

11h00 – 11h45: Multifuncionalidade do Monte na Galiza. Alberte Román. Cooperativa Trespés.

11h45 – 12h30: Espaço para debate, exposição e esclarecimento de quaisquer dúvidas/questões que possam surgir.

13h00: Piquenique

15h30 -16h00: PINTA – Parque Ibérico de Natureza, Turismo e Aventura. Jorge Fidalgo, presidente do Município de Vimioso.

16h00 – 16h15: Pausa

16h15-17h00: CERAI: Agroecologia como um motor de desenvolvimento rural. Edurne Caballero, membro da junta directiva CERAI nacional - técnica de Educação para o Desenvolvimento e, Mariana Couto, membro da junta diretiva de CERAI Aragão. CERAI - Centro de Estudios Rurales y de Agricultura Internacional.

17h00- 17h45: Valor Natural – A ciência ao serviço da criação de produtos inovadores e diferenciadores. Investigadora Isabel Ferreira. Centro de Investigação da Montanha (CIMO), Instituto Politécnico de Bragança

17h45: Espaço para debate, exposição e esclarecimento de quaisquer dúvidas/questões que possam surgir.

18h30: Espectáculo de teatro e dança Sopa de Jerimú da companhia Circolando

Sopa de Jerimu é um espectáculo a solo para uma mulher e várias abóboras... então já não é a solo! Estão lá a menina, a porqueira, a chila, a bolina, a cabaça, todas diferentes e todas abóboras. Na sua cozinha, esta mulher, convive com as abóboras, ouve-lhes os segredos e mergulha em si, descobrindo coisas que não conhecia.

Rola que rola e volta a rolar... Aquela que quebrar à sopa irá parar... As entranhas revelam-se e a sopa ferve na panela. Nascem histórias... as abóboras transformam-se... na verdade são conhecidas universalmente pelos seus poderes transformadores. Florescem, amadurecem, crescem, crescem, crescem e apodrecem. Assim, também ela vivencia transformações. É um elogio à beleza e à magnitude da abóbora. A Sopa fica pronta e o público é convidado a prová-la.

20h30: Jantar

22h00: Concerto de Alma Menor

Alma Menor é música de fusão, original e experimental. A criação é feita a partir do encontro entre dois músicos com uma linguagem musical intensa e enérgica que se funde e complementa.

Tiago Marques - Acordeão
Tiago Morais - Gaita


*****

Domingo, dia 21 de Maio
PINTA | Aldeia de São Joanico - concelho de Vimioso

A partir das 10h00:
Feira de Burros

11h30-12h30:
Concerto das Adufeiras do Paul

As Adufeiras da Casa do Povo do Paúl têm vindo a desenvolver um trabalho de recolha de lengalengas, adágios populares, orações e canções de todo o ano que, misturadas com os sons dos adufes, peneiras e pedrinhas, nos remetem para um jogo rítmico e para novas musicalidades das palavras. Este trabalho etnográfico surge da reinterpretação dos cantares das gentes ligadas ao campo, às festas e romarias de onde saem novas linhas melódicas e sobressaem os sons da tradição, originalidade e descontracção, sem perder o sabor ancestral das versões originais.

13h00: Almoço-convívio com os criadores de burros

Das 15h00 às 16h30: Mostra e desfile de Burro. Entrega dos prémios de participação.

17h00: Fim da actividade

*****

Segunda-feira, dia 22 de Maio 
Vila de Vimioso -concelho de Vimioso

Comemoração do Dia Internacional da Biodiversidade com a comunidade escolar do concelho de Vimioso

A partir das 10h00: À descoberta da biodiversidade doméstica animal no Planalto Mirandês

Esta actividade promove o contacto directo com o Burro de Miranda - uma raça autóctone portuguesa desta espécie, particularmente ameaçada de extinção – ao mesmo tempo que dá a conhecer as restantes raças do Planalto Mirandês e as relações ecológicas existentes entre elas. Todos poderão aprender mais sobre as vantagens das raças autóctones relativamente às exóticas, bem como conhecer as suas especificidades. O objectivo é envolver a comunidade escolar no interesse pela protecção da biodiversidade doméstica animal para demonstrar que a humanidade não deve apenas ser entendida como predadora, mas também como criadora da biodiversidade.

12h30: Piquenique

14h00: Continuação da actividade

16h30:
Fim da actividade